Medicina alternativa chega às clínicas veterinárias




 
As técnicas da medicina alternativa são cada vez mais procuradas para tratar disfunções emocionais também nos animais. Essa modalidade terapêutica tem chegado às clínicas veterinárias como suplemento ao tratamento da medicina convencional. As irmãs Marilena Costa, de 64 anos, e Clélia Costa, 70 anos, já se tratam com medicina natural há mais de 10 anos e agora experimentam essa técnica em seus cães.

O objetivo das irmãs é combater o estresse de operações, o medo e a carência dos bichinhos. "Busquei florais por indicação do meu homeopata e a terapia foi passando de geração a geração. Quando descobri que havia florais para pets, acabei apelando para tratá-los também", conta Marilena.

Os florais usados pelas irmãs em seus animais são da linha Animal Flower, à base de essências florais de Bach, Minas e Saint Germain. "As combinações entre os florais agem diretamente no desequilíbrio emocional, tratando a parte de energia do bicho. O resultado é excelente em problemas de comportamento, como agressividade, medo, carência, estresse, traumas, ansiedade e dificuldades de adaptação", explica a terapeuta Luciana Turcheto.

O tratamento com florais funciona também para gatos. Para eles, por serem mais ariscos, os florais foram desenvolvidos em forma de spray. Basta borrifar na boca ou próximo ao focinho para que as essências sejam absorvidas pelas mucosas.

Segundo a professora Valéria Oliva, da Faculdade de Medicina Veterinária da Unesp de Araçatuba, interior de São Paulo, há estudos que comprovam a eficiência dos florais como suporte para tratamentos convencionais. "Problemas específicos têm resultados mais evidentes. É muito comum, por exemplo, surgirem dermatites por lambedura em cães que ficam sozinhos, carentes. Tratamos a ferida com medicamentos, mas se não quebrar o ciclo, aquela mania de se lamber, a ferida pode voltar", explica.

A médica-veterinária diz que tratamentos alternativos tratam a parte energética do bicho, mas nem sempre resolvem o problema completamente. "Em uma infecção grave a melhor opção ainda é a medicina que utiliza remédios específicos, antiinflamatórios e antibióticos. Não se deve desistir dos remédios para usar exclusivamente os florais", alerta.

Essências sensíveis

Os florais são soluções compostas por 70% de água mineral e álcool e outros 30% de essências. Conserve os frascos longe de produtos químicos e de radiações de aparelhos eletrônicos, como computadores e microondas


Comente:

Nenhum comentário

Comente com educação