Massagem também tem ação anti-inflamatória





Vários estudos realizados nos Estados Unidos comprovaram a eficiência da massagem.

Dentre elas está a melhora no crescimento (no caso de crianças que se submetem a técnica), redução de dores e até melhora no sistema imunológico.

Recentemente foi atribuído outro benefício à massagem: seu poder anti-inflamatório. A massagem estimula a produção de sinais químicos que diminuem a inflamação.

Além disso, ela estimula a produção de mitocôndrias, que são pequenas estruturas que agem como usinas de energia dentro da célula. Excesso de exercícios físicos tendem a fazer com que fibras musculares fiquem inflamadas.

Nesse caso, a massagem ajuda a reconstruir os tecidos músculo-esqueléticos afetados pelos esforço excessivo.

Por Carolina Abranches, do R7



Comente:

Nenhum comentário

Comente com educação