10 maneiras naturais de aliviar o estresse





A massagem relaxa os músculos tensos, reduz a dor e melhora a circulação, detalhes que podem fazer maravilhas para a mente Foto:  / Getty Images

O estresse pode levar à pressão alta, obesidade, doenças cardíacas, ansiedade, depressão. Que tal tentar se livrar dele de maneira natural? Confira abaixo 10 dicas listadas pelo médico Manny Alvarez no site da Fox News:
Maracujá: a fruta é considerada um remédio popular para ansiedade e insônia, e alguns têm demonstrado que pode ser comparado à eficácia de benzodiazepínicos, que são usados para tratar o estresse. Embora não esteja comprovado, acredita-se que aumenta os níveis de um produto químico chamado ácido gama-aminobutírico no cérebro, o que diminui a atividade de algumas células do órgão, fazendo com que se sinta relaxado.
Massagem: relaxa os músculos tensos, reduz a dor e melhora a circulação, detalhes que podem fazer maravilhas para a mente.
Meditação: reservar 15 a 30 minutos por dia para meditar é fundamental. Esse tempo permite que seus pensamentos corram livres ou se concentrar apenas na sua respiração.
Exercícios físicos: a atividade física funciona como a meditação, porque fornece tempo para estar a sós com seus pensamentos. Também libera endorfinas no cérebro, o que melhora o seu humor. Ainda previne obesidade e outros problemas de saúde, dando-lhe menos motivos para ficar estressado.
Organize sua vida: organização oferece sensação de controle e paz de espírito. Se você é o tipo de pessoa que está sempre cheio de coisas para fazer, monte uma lista para se lembrar de tudo. Caso a casa esteja bagunçada, tire um tempo para colocar ordem nas coisas. Estudos têm demonstrado que simplesmente ver a desorganização pode nos deixar instáveis.
Coma de maneira saudável: alimentos saudáveis, como grãos integrais e proteínas, podem melhorar o humor e fornecer energia para enfrentar o dia a dia. As iguarias que são especialmente eficazes contra o estresse são mirtilo (blueberry), salmão, amêndoa. Lembre-se de que excesso de cafeína pode deixá-lo nervoso e ansioso.
Limite o uso de internet e celular: desconecte-se nos momentos de folga. Permita-se viver o momento sem ficar se lembrando dos problemas do trabalho, por exemplo. Fora isso, é importante cortar o uso de aparelhos eletrônicos durante a noite para evitar insônia.
Vitaminas B: promovem o funcionamento adequado do sistema nervoso e do cérebro, assim como ajudam a induzir o relaxamento e combater a fadiga. De fato, os indicadores de deficiência de vitaminas B incluem irritabilidade, depressão e apatia. Portanto, invista em alimentos ricos em vitaminas B, como grãos de cereais, feijão, ervilha, nozes, fígado, ovos e produtos lácteos.
Aromaterapia: em alguns casos, a inalação de determinados aromas apresenta efeitos de alívio de tensão imediatos por meio do aumento do humor, reduzindo a ansiedade e auxiliando a concentração. Especialistas explicam que os cheiros podem estimular o sistema límbico, que, por sua vez, libera substâncias químicas que afetam o cérebro, promovendo sensações de relaxamento, calma, amor e emoção. Os óleos populares para alívio do estresse e fadiga mental são lavanda, cipreste e alecrim.
Dormir: o sono é o redutor de estresse natural mais importante. Pouco sono torna as pessoas irritadas e, muito, lentas e deprimidas. Encontre o equilíbrio. Não pratique atividade física três horas antes de se deitar, tome banho quente e aposte em alimentos que contêm triptofanos, um precursor para a criação de melatonina: carboidratos, banana, amendoim, figo, leite.



Comente:

Nenhum comentário

Comente com educação