Efeitos colaterais da Acupuntura




É consenso entre os profissionais da acupuntura de que a maior parte dos efeitos colaterais são bons. Mas, ainda que os benéficos ocupem destaque, existem os dois lados da moeda.Há que frisar que os efeitos colaterias “bons” incidem duas vezes mais que aqueles considerados prejudiciais, ou maus.

Numa abordagem ao positivo da questão podemos citar um dos efeitos colaterais mais frequentes. Nos primeiros dias de tratamento a condição alvo poderá ser agravada, ou podem surgir novas condições que exigem intervenção. Não se assuste. Significa que o tratamento está a surtir o efeito pretendido. Também poderá sentir-se profundamente relaxado, ou com sintomas de desorientação. A sensação de bem estar pode durar dias, fator que depende do organismo de cada um. Alguns pacientes ficam tão relaxados que aconselha-se precaução, por exemplo, se houver a necessidade de conduzir um veículo após a consulta. Não se deve fazê-lo nos 30 ou 60 minutos imediatos após o término da sessão. Esses, ocorrem principalmente nos primeiros tratamentos, e, normalmente, não duram mais que dois dias.

Embora a acupuntura se apresente como um procedimento médico seguro, há riscos, mesmo raros. Estamos a falar de desmaios, contusões, hemorragias, espasmo muscular, pulmão perfurado, danos nos nervos e ferimentos acidentais aos órgãos internos. Alguns relatos indicam, ainda, reacções cutâneas localizadas, tontura, náusea, sudorese e até perda de consciência. Mas nestas situações, o período de duração é breve, e passam por si, sem haver a necessidade de intervenção. No pior dos casos, já se ouviu falar em agulhas que se quebraram e foram esquecidas no interior do organismo, ou houve a infecção por hepatite B, pelo uso de agulhas esterilizadas de maneira indevida.

Para reduzir o risco de sofrer efeitos colaterais inconvenientes, escolha um profissional experiente e bem treinado. Pôde ser constatado que os efeitos negativos decorrem principalmente pela ausência de higiene, ou por falta de treinamento adequedo do profissional. Se possível, converse com alguns pacientes do médico escolhido, questionando sobre os efeitos colaterais. Isto lhe dará uma idéia geral dos riscos com os quais terá que, possivelmente lidar. Certifique-se de as agulhas são descartáveis, ou estelizadas no local, e adequadamente. É a sua saúde, lembre-se.



Comente:

Nenhum comentário

Comente com educação