Fitoterapia





Fitoterapia significa tratamento (terapia) através das plantas (phitos). Cada vez mais a Fitoterapia vem sendo aplicada nas mais variadas especialidades médicas.

Abrangendo desde a Clínica Médica, conhecida como Clínica Geral, até especialidades, como Otorrinolaringologia, Ginecologia, Dermatologia, Urologia e Metabologia.

A metabologia nada mais é do que o estudo do 
metabolismo humano, ou seja, o estudo das transformações energéticas que dão ao ser humano a vida, tendo como fonte elementar de energia os alimentos que consome.

Pela própria noção da especialidade, vemos que há uma preocupação dominante do especialista com o equilíbrio total do corpo, com a descoberta e o tratamento das deficiências que desequilibram as trocas energéticas e, consequentemente, a saúde.

Nessa especialidade, a Fitoterapia tem um campo vastíssimo de aplicação. É possível controlar e tratar a maior parte dos problemas e disfunções utilizando propriedades que o reino vegetal nos oferece.

O conhecimento empírico da chamada medicina caseira, vindo através das gerações, nos traz até hoje o uso de chás e infusões que, embora utilizados sem nenhum contexto científico, se revelam eficazes em muitas ocasiões.

Qual de nós já não experimentou um chá de erva doce para o intestino ou a digestão, de camomila para acalmar ou, ainda, um gargarejo de romã para a garganta irritada? Obviamente, nem só sob a forma de chás as plantas são úteis. Na verdade seu espectro de aplicação é muito abrangente.



Dicas para Profissionais:
  • Liberação Miofascial - Ventosas + Instrumental+ Manual + Acessórios
  • Curso de Agulhamento a Seco (Dry Needling)
  • Curso - Aprenda a tratar Cervicalgias com Terapia Manual
  • Curso - Aprenda Auriculoterapia
  • Curso - Aprenda Ventosaterapia


  • Comente:

    Nenhum comentário

    Comente com educação